29 de agosto de 2009

Grrrrrrrrr (Editado...)



Ai... Como o ser humano é complicado, complexo e estranho.
Porque está sempre procurando
pêlo em ovo?
Porqueeeeee?

Conheço (a fundo) um
ser humano que é da pior raça: desconfiado ao extremo, orgulhoso, irredutível, chato de carteirinha, porre, porco-espinho, arredio, mala sem alça e etc.
Deveria entrar em uma
bolha e permanecer lá até o fim de sua existência!
Só falar quando lhe pedissem opinião, responder apenas o imprescindível e ser açoitado caso começasse a dizer coisas que não fizessem parte da questão.

Não! De modo algum eu estou sendo crítica ou exagerada!
Só quem convive, conhece ou apenas tenciona conhecer ou aproximar-se desse
ser consegue entender o que eu digo.
Quando esse
ser era jovem, sua mãe dizia: "ótima pessoa, bom coração, mas tem um gênioooo!"

E eu pensava:
que exagero!

Mas com o passar dos anos, começo a perceber que nem é questão de geniosidade, mas trata-se de um caso complicado, não de todo perdido, mas que talvez tenha lhe faltado umas boas psico-palmadas
(psico-tapa na psico-bunda) como tratamento.

Depois fica reclamando que nada acontece na sua vida, que não sabe porque as pessoas não se aproximam e nada acontece...

Oras!
Olhe-se no espelho e descubra o que tem de errado - nada que o espelho possa mostrar...
Então analise onde e porque você estraga tudo!
Porque esperar que tudo esteja contra você?
Dê-se uma chance, baixe suas armas, deixe que as pessoas se aproximem de você e depois, só depois verifique o que vale a pena.
Depois não reclame que está aí, sem ninguém...

Mas uma coisa é certa, apesar do ser em questão ser assim, tem algo que lhe é peculiar: intuição. Deve acreditar sempre no que sente ou pressente e seguir o que a sua razão lhe indica - estou considerando que essa intuição seja racional.
Minha raiva antes postada aqui já passou...
Bom final de semana a todos!
Beijos calorosos!

28 de agosto de 2009

Borboleta

"Passa uma borboleta por diante de mim
E pela primeira vez no Universo eu reparo
Que as borboletas não têm cor nem movimento,
Assim como as flores não têm perfume nem cor.
A cor é que tem cor nas asas da borboleta,
No movimento da borboleta o movimento é que se move.
O perfume é que tem perfume no perfume da flor.
A borboleta é apenas borboleta
E a flor é apenas flor".

XL - PASSA UMA BORBOLETA
(do Guardador de Rebanhos - Alberto Caeiro)

27 de agosto de 2009

...

Só por hoje...

26 de agosto de 2009

Feito fumaça

Uma tristeza, uma preocupação e uma angustia enorme.
A música tocando nos fones, mas algo dentro do peito inexplicavelmente sugeria ligar para alguém.

Mas que sensação era essa?
Estranha.
Ela surgiu do nada e uma urgência se instalou.

Chovia muito e abrigada dos respingos da chuva, com o telefone na mão, o número foi discado.


Tudo o que saiu foi: dizer que a ligação era apenas para saber se estava tudo bem do outro lado - sendo que do lado de cá isso não ocorria.

A angústia?
Continuou lá.

Foi assim, se dissolvendo aos poucos feito fumaça de incenso (rosas), queimando até desaparecer.

Não resolveu, não melhorou, apenas passou...

Silenciar as vezes é melhor.
Esperar quieta que a sensação passe...

E os ouvidos continuarão a ser em número maior que a boca, porém essa precisa aprender a manter-se mais fechada...

Nem sempre o que se pensa, se sente deve ser dito
(já que se incompreendido causará estrago maior).

Silêncio.


25 de agosto de 2009

Dentro do livro

Existem livros que são deixados de lado, porque o momento não é adequado para a sua leitura.
Comigo é raro, mas isso acontece.
Hoje resolvi pegar um livro que não lembrava mais quando tentei lê-lo, mas que achei que agora seria um bom momento.
Porém o que não imaginava é que dentro dele, foram deixados alguns pertences:
- holerites de pagamento;
- cartão de visita;
- carta de escritório de advocacia;
- um e-mail/ carta impressa...

Foram retirados e retornaram aos seus devidos lugares, com exceção desse e-mail.
A data dele é 26/11/2006 (época quando provavelmente eu tentei ler esse livro).
Não existe mais na caixa de entrada do e-mail eletrônico, restou apenas essa folha.

Mas ler o que estava escrito me causou uma certa surpresa, pois as palavras eram bonitas, o conteúdo esperançoso, muito afeto e carinho descritos em várias frases que falavam de expectativa, amor, esperança, saudades...

Claro que hoje não faz mais sentido, pois quem escreveu talvez nem lembre mais do que está lá, de todo o carinho dedicado em tantas palavras. Mas ler me deu uma certa nostalgia de imaginar como teria sido, algo que nunca foi...

Acho que deveríamos fazer isso sempre, imprimir coisas desse gênero e deixá-las perdidas dentro dos livros, pois em um dia como hoje me fez sorrir e me sentir querida, como fui um dia...

O tempo passou mas por alguns minutos eu me vi recebendo aquelas palavras e me fez pensar que às vezes (só algumas vezes) eu sinto falta disso...

Meu intuito?
Ah! Não sei, quem sabe você não resolve deixar algumas palavras de carinho aqui e eu imprimo para perder dentro de outro livro...

Beijos afetuosos!

24 de agosto de 2009

As cinco pessoas...


" As Cinco Pessoas que Você Encontra no Céu
conta a história de Eddie, mecânico de um parque de diversões que morre no dia de seu aniversário de 83 anos tentando salvar uma garotinha. Imerso numa rotina de trabalho e solidão, ele passou a vida se considerando um fracassado. Ao acordar no céu, encontra cinco personagens inesperados que lhe mostram como ele foi importante.

Este livro foi escrito para cada um de nós, pois freqüentemente nos sentimos frustrados e inúteis – assim como Eddie – por não termos realizado nossos sonhos. Ele nos faz lembrar que vivemos numa ampla teia de ligações e que temos o poder de mudar o destino dos outros com um pequeno gesto, e nos faz descobrir a importância da lealdade e do amor em nossas vidas."

Por mero acaso hoje assisti ao filme baseado no livro acima.

Li o livro no final de 2005 e achei que o filme foi muito fiel ao livro, com raras mudanças. Lembro que me emocionei imensamente com a 4ª e 5ª pessoas que Eddie encontra no céu que ele projetou: para cada personagem que encontra, o cenário é diferente.

Ao ler o encontro com a 5ª pessoa, mal pude continuar a leitura, pois as letras sumiram sob as lágrimas, ver a cena hoje, não foi diferente. Só quem leu o livro ou assistiu o filme sabe o que estou dizendo. Aliás não há como prever quem é a 5ª pessoa, de modo algum!

O filme é cheio de simbologia e mensagens, não tem conotação religiosa ou espiritual. Fala de relações humanas, sobre repensar, rever conceitos de como conduzimos a vida, nossos relacionamentos e como perdemos tempo nos culpando ou nos desculpando por nossas incapacidades.

Conheço uma meia dúzia de Eddies que usam muletas morais ou reais e jogam nelas o peso da sua falta de coragem para mudar algo em suas vidas...

Vale a dica... Essa semana o livro está por R$ 9,90 em um site que fica submerso...rs.. Já o filme, disponível na locadora próxima de casa. Veja o filme se não há tempo disponível para leitura, depois me conte o que achou!

Beijos afetuosos e linda semana!

19 de agosto de 2009

Sessão Luluzinhas


Semana estressante, com vários acontecimentos me tornou merecedora de uma boa sessão de cinema.
Sabe aqueles filmes comediazinhas românticas, só para meninas?
Onde pouco importa a estória, apenas ficar babando pelo mocinho?

Ah! Ai..ai...ai...
Se o
mocinho for esse aí de cima... é babada na certa!
A estória água-com-açúcar é salva pelas constantes pegadas do mocinho (Patrick) - ai se ele me pega assim!!!
O filme?
Marido por acaso.

Pois bem, quem é fã do seriado Grey's Anatomy (Sony) lembra bem do moço.
Mas se não é, pouco importa, olha os traços, a cara meio barba-por-fazer, o cabelo desalinhado..ui...

Desculpem os moços que leem isso!
Pode dizer que homem assim só pode ser gay, pode dizer o que quiser, mas o cara é um GATO!
Não é real a ponto de passar ali na avenida, mas enche os olhos e faz dar valor ao que a gente tem (ou não) bem próximo.

Ai..ai...

15 de agosto de 2009

Fruta fresca

Amor e cores vibrantes
Já é sábado, ensolarado, iniciando e finalizando com baixa temperaturas (14/ 15°) aqui nesse lado do hemisfério.
Final de semana...
Que seja sucolento com sabor de frutas vermelhas (como na foto), alaranjadas, amarelas, brancas, verdes, escuras, mas com paladar agradável...
E se em algum momento algo quiser lhe amargar: mentalize e visualize algo que lhe faz feliz, uma lembrança boa e uma imagem agradável.
Não deixe nada, nem ninguém tirar isso de você!
Ao invés de passar horas remoendo algo, dê-se o direito de aproveitar ao máximo seu dia.
Esteja de bem consigo mesmo(a) e tudo a sua volta se transformará, sua vibraçâo sendo positiva pode contaminar o ambiente!

-Ah! Falar é fácil, né loira?!

eu sei como tem sido meus últimos dias... mas não me permito ficar muito tempo com nuvenzinhas sobre a minha cabeça!

E nada como um dia de sol como hoje para espantar de vez qualquer nuvem!

Bom final de semana a você!

Grande e afetuoso abraço!
(Porque abraço é bom demais!)

14 de agosto de 2009

Ciência e crença

"Minha religião consiste em humilde admiração do espírito superior e ilimitado que se revela nos menores detalhes que podemos perceber com os nossos espíritos frágeis e duvidosos. Essa convicção profundamente emocional na presença de um poder de raciocínio superior, que se revela no incompreensível universo, é a idéia que faço de Deus."

Albert Einsten

Segundo o que consta em alguns registros Einsten não acreditava em um "pacote espiritualista". Tinha suas próprias idéias e filosofias, que eram próximas às do Budismo.
Fácil entender quando se lê alguns registros, entrevistas e matéria sobre ele.
Um exemplo do cientista e humano:

"A ciência nos afasta de Deus, mas a ciência pura nos aproxima de um criador".
Ok! Não estou fazendo uma biografia, nem querendo dizer que seja fã de Einsten, porém lendo alguma coisa sobre ele me deparei com pensamentos muito próximos aos meus, só isso!

Hoje me intitulo uma pessoa sem "religião": não vou e não frequento uma igreja, um templo, seita, casa ou algo parecido a isso, porém...
Não há nada que me impeça de ir a uma missa, missa de 7º dia, assistir a um culto, preleção ou o nome que tenha.

Sou uma pessoa que crê em uma força maior, que tem fé, que medita, que ora, que enxerga a criação divina em coisas simples: uma borboleta que voa, um céu as 6h00 da manhã, cheiro de maresia, a umidade de uma neblina, aquela minúscula flor que nasceu no meio de tanta pedra e cascalho e agradece pelo bem que tudo isso me proporciona!
Isso me leva bem próximo ao criador - porque alguém é responsável por tudo isso!
(E também aos seus co-responsáveis, já que não se constroe uma complexidade dessa sem ajuda).

Bom, já consigo ver uns narizes sendo torcidos, umas caretas, resmungos...
Não me incomodo, me desculpe.

Estou tão próxima do criador como qualquer pessoa, sou feliz dessa forma, me encho de alegria e agradecimento espiritual com muito pouco, porque consigo encontrar paz em coisas cotidianas, transformar isso em energia positiva e agradecer mais ainda por tudo isso.
Meu valores são bons, minha consciência está tranquila, minha mente em evolução, meu coração cheio de bondade e sempre a estou procura de colaborar para um mundo bem melhor.

Distorça o nariz, tire essa careta, essas rugas na testa... esse julgamento errôneo sobre o que eu digo ou como ajo.
Respeito seu jeito de ser e de pensar e agradeço ao criador por estarmos aqui aproveitando da melhor forma possível as oportunidades diárias para sermos melhores e evoluirmos!

Ainda citando Einsten:

"A vida não dá nem empresta, não se comove nem se apieda.
Tudo quanto ela faz éretribuir e transferir aquilo que nós lhe oferecemos".


Reflita!

Afetuosamente... sinta-se
abraçado(a)

12 de agosto de 2009

Germinando idéias

Uma grande idéia surge assim... germinando a pequena semente.

Os pensamentos às vezes fervilham na cabeça, extrapolam limites e reproduzem-se em palavras. Elas vem a tona, saltam boca afora, são desenhadas, rabiscadas e formam um grande contexto.

Cresce uma empolgação e as idéias multiplicam-se, a motivação enche todo o ser de novas perspectivas e um leque de possibilidades se abre diante dos olhos.

As idéias agora viram frases complexas, recheadas de conteúdo e começam a contagiar quem as escuta.

É quase um extase de empolgação!

Mas ela surgiu assim, porque alguém sempre acredita no potencial e aposta as fichas nisso.
Basta, algumas vezes, um impulso - aquele empurrãozinho inicial.
E tudo acontece!

Eu acredito muito no potencial das pessoas, aposto as fichas sem medo de perder, sem medo de arriscar.
Lanço a semente, coloco água, dou atenção, coloco a energia sobre ela e espero que germine grandiosamente porque foi feita para isso: crescer, florescer, amadurecer e seguir seu ciclo!

A semente foi lançada, ja está germinando e logo brotarão novas idéias!
E eu continuarei a crédula, apostando sempre na capacidade do ser humano.

Hum, devem estar pensando: "o que exatamente essa loira está querendo dizer?"

Não se preocupe com isso, classifique-se como um ser potencial, quem sabe não estou falando exatamente de sua capacidade.

Beijos afetuosos e caloroso abraço (ainda é inverno nesse lado do hemisfério...)

P.S.: Obrigada por me deixar lançar a semente!

11 de agosto de 2009

Empolgação


  • O que lhe motiva?
  • O que lhe faz seguir adiante?
  • O que busca?
  • O que lhe faz feliz?
  • O que espera?
  • O que não lhe deixa desistir?

Motivação, felicidade, esperança, fé... empolgação!

Não as perca nunca!

Sinta-se carinhosamente abraçado(a).

8 de agosto de 2009

Decepção?!

Às vezes me questiono qual pode ser o tamanho de uma decepção.
Ela pode mesmo ser gigantesca se a energia gasta forem superiores a sua real importância.
Claro que o que é importante para mim, com certeza pode ser algo que passa desapercebido a outrem.
Mas uma coisa é certa: a mentira é o pior dos defeitos de um ser humano!
Por isso lhe decepciona sempre. Voce acredita no que ouve - nem sempre no que vê...

Nem vem tentar me justificar que pessoas não mentem sempre, que simplesmente omitem fatos para evitar magoar outras pessoas!
Tudo é mentira da mesma forma e como tal tem pernas de anão: curtíssimas.
Uma hora ela vem a tona e o que se justificaria como omissão de fatos magoa mais ainda.
Lembro de que quando somos crianças inventamos estórias, criamos situações para não sermos diferentes e nem menores que as outras crianças.
Funciona, mas por pouco tempo.
Funciona até crescermos e descobrir que não é isso que nos torna melhores e superiores aos demais.
Bem, meu lema há um certo tempo é: nada vale gastar energia assim!

Se alguém lhe decepcionou pense assim: "não perdi nada, ganhei a oportunidade de enxergar, porque no fundo algo me impedia de ver com clareza. Não perdi, ganhei no aprendizado e não vai me endurecer, apenas fortalecer".

É simples!
Dê a importância que merece: nenhuma!
Siga em frente porque quem pode ter perdido a oportunidade de ter a sua companhia por perto foi o outro e nada é melhor que voce!
Olha só:
EU estou aqui bem pertinho...

Vem cá que lhe dou um abraço reconfortante!
Obs.: Não estou decepcionada com nada e ninguém

6 de agosto de 2009

Comunicado Importante

Venho por meio deste avisar que encontrei o que estava procurando, andava meio escondida, perdida, esquecida, porém a busca terminou.

Não posso garantir ou evitar que seja temporária, mas...
Enquanto estiver empolgada, escrevo algo aqui.

Ela voltou e isso já rende alguma coisa.

Acho que tudo tem um tempo exato para acontecer, uma validade e uma função.

  • Para quem chegou agora, recomendo perder seu tempo e veja os posts mais antigos.
Não tenho intuito algum, não tenho intenção ou pretensão de nada: são apenas palavras.
Tem gente que se julga poeta e escreve um monte de bobagens e ainda assim alguém acha interessante.

Então já que é grátis e não ofende ninguém, continuo escrevendo.

Leia se quiser, comente se gostar ou simplesmente não faça nada...

Meu carinho continuará sendo igual...

Beijos

Classificados

A imagem fala por si só...

4 de agosto de 2009

Procura-se

Alguém viu por ai?
Com paradeiro desconhecido, porém logo retornará...
Volta assim, de mansinho, sem incomodar e tomará seu lugar de volta.
Se alguém encontrar pago uma pequena recompensa: um amontoado de palavras que pode ter algum sentido - para mim sempre tem!

Grande beijo!

2 de agosto de 2009

Fim de Férias

Pois então...
As férias chegaram ao seu final.
(Dá para repetir?)

Vou classificar da seguinte forma:
- Primeira semana: curso (punk);
- 10 dias em SC: frio, chuva, descanso e comida de mãe;
- De volta: 3 dias de chuva com muita roupa para lavar e secar;
- Ultimo final de semana tudo de bom para fechar: passo essa.

A foto?

Ah! Sim.
Por mero acaso assisti novamente Amor além da vida e é engraçado como em um segundo repasse algumas mensagens e nova simbologia se revelam.
Não sei se o olho clínico consegue perceber, se o momento (anos depois) favorece ou simplesmente detalhes passam desapercebidos, mas muitas vezes rever um filme traz uma nova luz.
Eu disse luz? Bem, não sei se esse seria o sinônimo correto, mas é o que me cabe nesse momento.

Enfim, foi muito bom enquanto durou, mas amanhã quando o despertador tocar, penso nisso.

De volta!

Beijos carinhosos