7 de junho de 2009

Ausência

O blog está um pouco abandonado.
Não apareceu ninguém para tirar a poeira e ela se amontoou pelos cantos e vãos.

Senti falta de andar por aqui, mas algumas interferências cotidianas me deixaram fora por uns dias.
Desde uma conexão com vida e vontade próprias - diferentes das minhas necessidades. Até uma exaustão psicológica que fazem as boas idéias sumirem por um tempo.
Até a leitura ficou devagar, um livro ótimo que deveria ter sido devorado, foi sutilmente degustado, algumas vezes teve as páginas relidas tamanha falta de atenção aos fatos descritos.
Nem o frio (que eu amo) e que me enche de entusiasmo me trouxe para esses lados.

Maio se foi e junho já vem de vento em popa.

Quem sabe os bons ventos não tragam a energia necessária de volta?
E se isso não funcionar, uma boa réstia de alho deve espantar algum sugador de plantão (eles sempre estão atentos à nossa distração).

Se alguém souber de alguma outra receitinha, por favor, não se acanhe!

Abraço afetuoso!

3 comentários:

Licsk disse...

...desanima, não!!!!!!!!!!!Um dia de cada vez...vou pesquisar umas receitinhas depois te falo...mas o alho já é um começo!!!!!
Bjos e sacode a poeira...

Livia disse...

Aff.senti sua falta mesmo, mesmo não estado tão on line como gostaria. Que bom que vc está de volta, você faz falta!
Tem a do alho, a da água benta...estaca...não...estaca não o sendo arma branca tem que justificar...dá trabalho...esquece a estaca!Mas tem que ter fé!!

Luciana Onofre disse...

engraçado como esse distanciamento ocorre aqui tmb!